Número total de visualizações de página

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Caminhos

Reconheço as tuas mãos.
Lembro o que os seus gestos diziam.
Guardo no corpo esses caminhos.
Meus, teus, nossos.
Quantos anos passaram,
Quantas mãos percorreram
Meus, teus, nossos
Caminhos.
Helena

Julgar

Julgo sempre sem julgar.
O que os outros possam fazer.
Julgo sempre o lado bom.
Daqueles que sabem valer.
Helena

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Olhar

Olho-te, hoje, sem te ver.
Vi-te, ontem, sem te olhar.
Há quanto tempo não te vejo.
Há quanto tempo não vejo
Algo que prenda o meu olhar!

Helena


sábado, 25 de abril de 2009

Prazer


Com o prazer de escrever isto para ti!
Com o prazer de escrever isto.
Com o prazer de escrever.
Com o prazer...

Helena


quarta-feira, 22 de abril de 2009

Descendência

Houve um tempo em que sonhei ter muitos filhos.
Como as avós haviam tido. Dum lado e do outro.
Mas nem sempre fazemos o que sonhamos.
Porque sonhamos o que não podemos.
Mas devemos!

Helena


terça-feira, 21 de abril de 2009

Será que sei?

Quando era muito jovem tinha certas ousadias. Nomeadamente a de julgar que sabia tudo.
Depois fui crescendo. E fui aprendendo. Afinal só sabia algumas coisas. Poucas.
Mas deixei de pensar que eram muitas.
Agora fico maravilhada com o que aprendo todos os dias. E surpreendida com quem me ensina.

Helena