Número total de visualizações de página

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Tu

Sei donde venho,
Mas não sei para onde vou.
Conheço o caminho percorrido.
Mas ignoro o que me falta percorrer.
Sei do que gosto,
Mas duvido do que não gosto.
Queria saber, amor, onde estás,
Neste tempo que já foi
E naquele que ainda não é.
Para te lembrar, no que passou.
Te ter no que hoje é.
E te manter no que será!

Helena

2 comentários:

  1. o caminho que percorri
    não o conheço
    tenho memórias várias
    tanto mais vagas
    ou firmes
    como essa vaga firmeza
    conhecida
    de ser o caminho percorrido
    uma lembrança refeita

    à memória peço esforço
    se quero saber o caminho percorrido
    esse esforço é sofrido,
    tem o preço do crescimento

    e não sei para onde vou
    mesmo sabendo o que quero
    sei para onde não vou
    porque sei o que quero

    ResponderEliminar
  2. releio
    e perco-me
    não na memória
    não na solidão
    não no percurso
    da memória

    releio
    e perco-me
    pelo caminho
    que fiz
    que me lembro
    de fazer

    perco-me
    pelo caminho
    consciente
    que escolhi
    fazer
    feliz porque o fiz
    contente porque o fiz
    desperdido por onde me fiz

    Pedro

    ResponderEliminar