Número total de visualizações de página

segunda-feira, 29 de março de 2010

Dádiva

À medida que envelheço,
Lembro os avós e os pais.
E também os amigos
Que já partiram.
Será medo?
Será saudade?
Ou ambos, num só nó?
Vou mais pela saudade
Dum tempo que já passou.
Porque medo da idade,
É profanar o dom imenso
Da dádiva dos anos
E da vida que se levou.


Helena

2 comentários:

  1. com o tempo
    vem o tempo
    de ser o tempo só
    o tempo só no tempo
    no tempo p'lo tempo só
    uma forma de tempo
    de ser o tempo só
    só uma forma de tempo
    de só e ser tempo

    Pedro

    ResponderEliminar
  2. o medo não tem dono
    o tempo não tem medo
    a saudade não tem tempo
    de ter medo ou dono

    Pedro

    ResponderEliminar