Número total de visualizações de página

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Sem ti

Sem ti, não existo.
Contigo perco-me
E encontro-me.
Sem ti,
O dia é noite
E a noite é fria.
Contigo, expludo
E cresço.
Sem ti, tenho medo
De tudo.
Da vida vivida
E da que me falta viver
Contigo, sonho o futuro.
Sem ti,
Perco o presente,
Sem ti, até
Perco o passado!

Helena

3 comentários:

  1. no ti do tu do eu o eu

    acredito num em ti
    que é um tu
    que é um eu
    porque sem um ti
    não há há um tu
    não há um eu
    não há o eu

    Pedro

    ResponderEliminar
  2. falta uma linha :-)


    acredito num em ti
    que é um tu
    que é um eu
    que é o eu
    porque sem um ti
    não há há um tu
    não há um eu
    não há o eu

    ResponderEliminar